Servidores do Senado terão oito folgas extras em 2020. Veja lista

Os servidores do Senado terão direito a oito folgas extras neste ano, além dos nove feriados previstos para 2020. É que o primeiro secretário da Casa, o senador Sérgio Petecão (PSD-AC), já determinou que alguns feriados nacionais serão imprensados ou alongados. A decisão, que cria oito pontos facultativos no calendário legislativo deste ano, está no Diário Oficial do Senado.

> Redução de salário de servidor é fundamental em PEC de contenção de gastos, diz relator

A portaria que lista os dias de feriado e de ponto facultativo do Senado para 2020 determina, por exemplo, que os servidores do Senado só precisarão voltar do Carnaval na quinta-feira. Isso porque o ponto facultativo que é tradicional na segunda e na terça-feira de Carnaval foi estendido para a Quarta-Feira de Cinzas. Da mesma forma, na Semana Santa, o feriado não vai começar na Sexta-Feira da Paixão, mas já no dia anterior, quinta-feira.

Veja todos os feriados e pontos facultativos do Senado neste ano:

I - 1º de janeiro, quarta-feira, Confraternização Universal (feriado nacional);
II - 24 de fevereiro, segunda-feira de Carnaval (ponto facultativo);
III - 25 de fevereiro, terça-feira de Carnaval (ponto facultativo);
IV - 26 de fevereiro, quarta-feira de Cinzas (ponto facultativo);
V - 09 de abril, quinta-feira da Semana Santa (ponto facultativo);
VI - 10 de abril, sexta-feira, Paixão de Cristo (feriado nacional);
VII - 21 de abril, terça-feira, Tiradentes (feriado nacional);
VIII - 1º de maio, sexta-feira, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);
IX - 11 de junho, quinta-feira, Dia de Corpus Christi (ponto facultativo);
X - 7 de setembro, segunda-feira, Independência do Brasil (feriado nacional);
XI - 12 de outubro, segunda-feira, em comemoração a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil (feriado nacional);
XII - 28 de outubro, quarta-feira, Dia do Servidor Público, em conformidade com o art. 236 da Lei nº 8.112/90, de 11 de dezembro de 1990 (ponto facultativo);
XIII - 2 de novembro, segunda-feira, Finados (feriado nacional);
XIV - 15 de novembro, domingo, Proclamação da República (feriado nacional);
XV - 24 de dezembro, quinta-feira, véspera de Natal (ponto facultativo);
XVI - 25 de dezembro, sexta-feira, Natal (feriado nacional);
XVII - 31 de dezembro, quinta-feira (ponto facultativo).

Assinada em 12 de dezembro por Sérgio Petecão, essa decisão ainda diz que "dias de guarda dos credos e religiões, não relacionados nesta portaria, poderão ser compensados, mediante prévia autorização da chefia imediata".

A portaria garante, por sua vez, que os serviços essenciais das unidades administrativas e legislativas do Senado serão garantidas pelos dirigentes dessas unidades. Mesmo que, para isso, seja preciso autorizar "folga compensatória nos dias que antecedem ou sucedem os feriados e pontos facultativos".

O texto ainda admite que "o presente calendário poderá sofrer alterações, mediante prévia comunicação, em face da peculiaridade do funcionamento do Poder Legislativo".

> Davi volta atrás e comissão da reforma tributária fica para fevereiro

> Os partidos que mais apoiam o governo no Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!