Questionado, líder do governo repercute apoio de colegas do PSL

Sob desconfiança de parte da base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, o líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo (PSL-GO), tem sido defendido por membros da bancada do partido nos últimos dias. Desde o último sábado, ele usou o Twitter para reproduzir mensagens de apoio de 11 parlamentares.

Anunciada por Bolsonaro em janeiro, a escolha de Major Vitor Hugo para o cargo havia sido questionada, na semana passada, por aliados do governo, que desejam um nome mais experiente na articulação.

Major Vitor Hugo tem usado o Twitter para se defender dos ataques e mostrar apoio recebido de dentro do PSL."De que forma você, Delegado Waldir [líder do PSL na Câmara], pensa que declarações como essa [de que Major Vitor Hugo deveria ser substituído por nome mais experiente] ajudam o Governo, o PSL e o Presidente?", publicou o parlamentar no último sábado.

PSL de Bolsonaro briga com bloco governista por comissões da Câmara

Conheça os novos líderes da Câmara: só uma mulher e quatro novatos

Depois do recado ao líder do PSL, Major Vitor Hugo repercutiu mensagens de apoio de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Alexandre Frota (PSL-SP), Professora Dayane Pimentel (PSL-BA) Major Fabiana (PSL-RJ), Luiz Lima (PSL-RJ), Aline Sleutjes (PSL-PR), General Peternelli (PSL-SP) e Dr Luizinho (PP-RJ), além do senador Major Olímpio (PSL-SP).

"O Major Vitor Hugo, líder do governo, é uma pessoa preparada e está na Câmara há 4 anos, na consultoria legislativa que é dos concursos mais difíceis do Brasil - ele foi 01 [primeiro colocado]. Críticas construtivas são boas para reflexão, mas é bom separá-las daquelas que visam apenas derrubá-lo", escreveu Eduardo Bolsonaro também no Twitter, no último domingo.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!