Com três senadores, Pros declara apoio a Rodrigo Pacheco

O Pros resolveu apoiar a candidatura do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) à presidência do Senado. A bancada, com três parlamentares, dará sustentação ao senador mineiro, candidato lançado pelo presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP).

"O Rodrigo, desde que chegou na Casa, tem se mostrado uma pessoa extremamente coerente. É um jurista preparadíssimo e um homem competente", disse o senador Telmário Mota (RR), ao Congresso em Foco.

O senador não deixou de ressaltar, no entanto, que o apoio de Alcolumbre influenciou na decisão do partido. "A Casa deu um salto de qualidade enorme na gestão do Davi – ele foi o grande marinheiro nessa travessia que foi a pandemia", disse. "O Davi avançou muito e com bons projetos no Senado. E uma pessoa que sempre esteve no lado dele, no acompanhamento, sempre foi o Rodrigo Pacheco", comentou o senador.

Telmário disse que a opção por Rodrigo Pacheco não é "a melhor", mas sim "a única" entre os possíveis candidatos ao cargo. "Se apontarmos quem está no jogo, o Major Olímpio tem um temperamento e posições muito fortes. Os dois Eduardos [Braga e Gomes, do MDB] são pessoas muito comprometidas com o passado recente", analisou. "O MDB governou o Brasil mais que o PT. E por isso o Rodrigo vem com uma roupagem mais eficiente de gestão para o Senado."

Segundo Telmário, ainda não foram discutidos cargos ao Pros em uma eventual Mesa diretora no Senado. "Quem vai com ele remar o barco, vamos escolher no andar da carruagem", disse. Ontem, o PSD anunciou que também apoiaria Rodrigo Pacheco, o que pode garantir mais 11 votos ao senador.


> Apenas Tiririca faz oposição a Bolsonaro nos partidos mais fiéis ao governo
> Ministérios, impeachment, verba, CPIs. O que está em jogo na eleição da Câmara

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!