Primo de filhos de Bolsonaro ganha novo cargo no Senado

Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, foi nomeado (íntegra) nesta terça-feira (3) assessor parlamentar da primeira secretaria do Senado Federal. Leo Índio é primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro e estava até três semanas atrás como funcionário do gabinete de Chico Rodrigues (DEM-RR), senador afastado do mandato após ser flagrado com dinheiro nas nádegas. Quem ocupa a primeira secretaria da mesa diretora  é o senador Sérgio Petecão (PSD-AC).

Ex-vice-líder do governo, Chico Rodrigues foi pressionado por colegas  do Senado a deixar temporariamente o mandato depois que o ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o seu afastamento. Além de ser flagrado com R$ 33 mil entre as nádegas e a cueca, ele é suspeito de participar de um esquema de corrupção que, segundo os investigadores, desviou dinheiro da saúde em Roraima.

Leo Índio é sobrinho de Rogéria Bolsonaro, mãe de Carlos, Flávio e Eduardo Bolsonaro e ex-mulher do presidente da República.  O assessor parlamentar é próximo do governo e participa de reuniões no Palácio do Planalto e em encontros realizados durante o fim de semana no Palácio da Alvorada.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!