Previdência: Frota se abstém e é o único do PSL a não votar a favor

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) se absteve e foi o único da bancada do PSL a não votar favorável a reforma da Previdência na votação em 2º turno na Câmara dos Deputados.

A Câmara dos Deputados aprovou em 2º turno na madrugada da quarta-feira (7) o texto principal da  reforma da Previdência. Foram 370 votos a favor, 124 contra e uma abstenção. No 1º turno foram 379 votos favoráveis a 131 contrários.

>Previdência: veja o voto de cada deputado no segundo turno

O pesselista era coordenador da comissão especial da Previdência da Câmara. No 1º turno, o deputado de primeiro mandato votou a favor do proposta de mudança nas aposentadorias.

Frota está em atrito com seus colegas de partido e é alvo de representação no conselho de ética do PSL que pede sua expulsão da legenda.

> Oposição prepara sete destaques para o segundo turno da Previdência

> Maia diz que Senado pode trazer capitalização de volta para Previdência

Nesta quarta-feira serão votadas as emendas ao texto original da Previdência. O que mais deve preocupar os defensores da reforma é o trecho que trata da pensão por morte.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!