Partido de Lira pressiona Maia por votação presencial na eleição da Câmara

O senador Ciro Nogueira (PI), presidente do PP, partido de Arthur Lira (AL), está pressionando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que a sessão para a eleição do presidente da Casa seja presencial. No fim de dezembro, Nogueira enviou a Maia uma consulta formal em nome do diretório nacional do Progressistas, defendendo que o regimento da Câmara prevê apenas a hipótese de votação presencial.

No documento, Ciro Nogueira indaga quais serão os procedimentos adotados pela Câmara e questiona a segurança do processo caso ele seja feito de forma virtual.

Entre aliados de Arthur Lira, a leitura é de que sua campanha tem feito um trabalho mais corpo a corpo com os deputados - ao contrário de Baleia Rossi (DEM-SP), que tem negociado com as lideranças partidárias -, assim, a possibilidade de abordar parlamentares em plenário no dia da votação daria a Lira a chance de conquistar mais votos.

Nesta quarta-feira (6), Ciro Nogueira avançou na pressão a Maia e cobrou o presidente da Câmara no Twitter.

Na tarde desta quarta-feira (06), o PP soltou um nota, reforçando a pressão sobre Maia.

Nota dos Progressistas 

Havendo absoluta coerência com a decisão da Justiça Eleitoral, que determinou votação presencial nas eleições de 2020, o Regimento Interno da Câmara dos Deputados contempla exclusiva votação presencial, sem previsão de eleições remotas.

Vimos milhares de brasileiros, em plena pandemia, obrigados a ir às urnas, com riscos à saúde dos eleitores, mas respeitando a decisão do TSE.

Da mesma forma, entendemos que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, deve respeitar os regulamentos, reconsiderando intenção de promover eleições à distância para escolha de seu sucessor e da nova Mesa Diretora, como sinalizou.

Reafirmamos que a Câmara dos Deputados tem plenas condições de promover eleição presencial e segura a todos os parlamentares. A menos de um mês para as eleições da Mesa, mais uma vez a Casa e a população brasileira assistem a uma discussão desnecessária, já que existe um regimento a ser respeitado e não afrontado sem qualquer justificativa plausível.

 

Senador Ciro Nogueira, preside do Progressistas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!