Para deputado bolsonarista, é normal presidente deixar de apurar denúncia

Integrante da ala bolsonarista do PSL, o deputado Bibo Nunes (RS), afirma que é “normal” o fato de o presidente Jair Bolsonaro receber denúncias de corrupção e não determinar prontamente a apuração: “O presidente é avisado de quinhentas coisas todo dia, são pessoas até querendo agradar. Então, não tem como dizer... essa [denúncia] é quente, essa é quente”.

A declaração ao Congresso em Foco foi feita pelo deputado quando questionado sobre Bolsonaro não ter mandado averiguar as denúncias feitas pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF) sobre corrupção no Ministério da Saúde.

“Não tem como o presidente estar sabendo o tempo inteiro o que acontece. Mas garanto que no primeiro momento que mostrar ao Bolsonaro um indício forte de corrupção, na hora ele vai mandar averiguar”, disse Bibo.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Insider, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

O bolsonarista considera infundadas as denúncias apresentadas por Miranda a Bolsonaro a à CPI da Covid. “Ele [Bolsonaro] pode até ter sido avisado, mas não pode implicar que o presidente seja corrupto por causa disso [...] O caso do Miranda é como acusar alguém de homicídio e não ter a vítima”, disse.

Porém, Bibo Nunes concordou com a devida apuração e punição de Roberto Dias, ex-diretor de Logística do ministério, supostamente envolvido em negociação de propina na compra de vacinas.

Em meio às denúncias de corrupção, o parlamentar diz que, “por enquanto”, ainda não se decepcionou com Bolsonaro e que segue defendendo a reeleição do presidente. “Eu acredito piamente que o presidente não tem nada de envolvimento em qualquer ato corrupto”, reitera.

>>“Ministério da Saúde é a Petrobras de Bolsonaro”, diz vice-líder do PSD

>>“Nunca vi confusão como esta”, diz político sobre denúncias contra governo

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo