Mesa Diretora da Câmara terá maior participação feminina da história: 3

As mulheres terão a maior participação da história na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. Dos sete cargos, três serão ocupados por deputadas.

A composição foi definida em eleição nesta quarta-feira (3) e valerá pelos dois anos do mandato do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). As três deputadas eleitas ocuparão três secretarias da Mesa:

  • primeira vice-presidência: Marcelo Ramos (PL-AM);
  • segunda vice-presidência: André de Paula (PSD-PE);
  • primeira secretaria: Luciano Bivar (PSL-PE);
  • segunda secretaria: Marília Arraes (PT-PE);
  • terceira secretaria: Rose Modesto (PSDB-MS);
  • quarta secretaria: Rosângela Gomes (Republicanos-RJ);
  • suplência: Eduardo Bismarck (PDT-CE);
  • suplência: Alexandre Leite (DEM-SP);
  • suplência: Gilberto Nascimento (PSC-SP);
  • suplência: Cassio Andrade (PSB-PA).

A segunda secretaria trata das relações internacionais da Casa, principalmente da emissão de passaportes. Também cuida dos programas de estágio oferecidos pela instituição.

A terceira-secretaria trata da concessão de licenças médicas e de missões especiais de deputados. A quarta secretaria é responsável pela administração dos apartamentos funcionais da Câmara.

As deputadas Rose Modesto e Rosângela Gomes foram indicadas por seus respectivos partidos para ocupar os cargos na Mesa. Já Marília Arraes, lançou uma candidatura avulsa, sem o apoio de seu partido PT. A sigla optou por indicar o deputado João Daniel (PT-SE), que saiu derrotado pela colega de bancada.

> Indicação de Bia Kicis ao comando da CCJ pega mal e partidos lançam candidatos

> É fake que Flordelis assumiu cargo na Secretaria da Mulher

Continuar lendo