MDB vai indicar Gomes ou Bezerra para vice-presidência do Senado

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vão conversar nesta quinta-feira (28) sobre a indicação emedebista para ocupar a vice-presidência da Casa no bloco do candidato Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

O Congresso em Foco apurou que a escolha está entre os líderes do governo no Congresso, Eduardo Gomes (TO), e no Senado, Fernando Bezerra (PE). O senador Veneziano Vital do Rego (MDB-PB), recém filiado ao partido, também é uma possibilidade.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Premium, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com comercial@congressoemfoco.com.br.

Inicialmente o MDB apoiava a candidata Simone Tebet (MDB-MS), mas desistiu após ela não conseguir atrair tantas promessas de voto quanto Rodrigo Pacheco. Simone vai manter a candidatura, mas de forma avulsa, ou seja, sem o apoio formal do partido.

>MDB abandona candidatura de Simone Tebet

O senador do DEM de Minas Gerais é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e tem em sua aliança nove partidos, incluindo os de oposição ao governo, PT e PDT. Boa parte das alianças foi herdada de Davi Alcolumbre, que não conseguiu o aval do Supremo Tribunal Federal (STF) para se reeleger e transferiu o capital político ao mineiro.

Tebet tem o apoio de três partidos e dialoga com grupos da sociedade civil organizada, como economistas, empresários e organizações em defesa dos direitos da mulheres e dos negros.

>Reformas e vacinação: veja carta com compromissos de Tebet a senadores

>Impeachment de Bolsonaro é inviável no momento, diz Simone Tebet

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!