Major Olimpio e Doria trocam ofensas e partem para a agressão; assista

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o senador Major Olimpio (PSL-SP), trocaram ofensas esta manhã durante evento na sede do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), em São Paulo. As autoridades precisaram ser apartadas por seguranças.

Assista ao vídeo:

No vídeo, é possível ouvir o senador gritando, chamando o governador de "moleque ". O senador Major Olimpio estava acompanhado do deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP).

Segundo Olimpio, a intenção de Doria era se promover politicamente usando a imagem dos policiais. Depois de ser colocado para fora do local,  o senador criticou a postura do governador. "Lamentável, atitude covarde do governador João Doria. Não comigo, comigo que se dane, mas com os policiais de São Paulo. Não vai ficar barato isso", disse Major Olimpio em um vídeo publicado nas redes sociais.

Em nota oficial divulgada por sua assessoria de imprensa, o governador disse estar preocupado com a saúde dos brasileiros de São Paulo. "Major Olímpio deveria honrar o seu mandato e fazer o mesmo. Não é hora de fazer proselitismo político eleitoral. É um desrespeito ao povo de São Paulo um senador da República que vira as costas para o grave tema da saúde pública. E quer fazer campanha política, ideológica e sindical na hora errada".

Incertezas crescem com acirramento de confronto entre Bolsonaro e Congresso

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!