Maia diz a aliados que deixará o DEM. Líder vê apenas “desabafo”

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que após a eleição da presidência da Casa deixará o partido, segundo informações da CNN. A declaração foi dada após o partido retirar o apoio do candidato à presidência apadrinhado por Maia.

Ao Congresso em Foco, o líder do partido na Câmara, Efraim Filho (DEM-PB), afirmou que soube da declaração pela imprensa e acredita que tenha sido um "desabafo" feito no calor do momento. Para ele, o ideal é esperar para ter um cenário mais claro da situação.

>Arthur Lira, candidato de Bolsonaro, lidera faltas na Câmara

>Baleia Rossi consegue manter PSDB em bloco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!