“Lira falou e não disse nada”: Parlamentares reagem à pronunciamento

O discurso do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), gerou reação  entre os congressitas. Vários parlamentares desaprovaram a fala de Lira nesta quarta-feira (8). A repercussão também se estendeu ao Senado. No meio da crise entre Judiciário e Executivo, Lira se comprometeu a ser uma "ponte pacificadora" e afirmou estar "aberto a diálogo e negócios" após as manifestações de bolsonaritas que continham ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Congresso Nacional.

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), afirmou ao Congresso em Foco que o discurso do presidente da Casa, marcou importante posição na questão do voto impresso. "Era o mínimo que poderia fazer: defender a posição da Câmara que já matou esse assunto quando o derrotou na comissão especial e no plenário', disse. Mas a deputada acredita que Lira fugiu de se posicionar sobre "o presidente fora-da-lei que cometeu crime de responsabilidade em praça pública, tudo gravado, documentado, carimbado e avaliado", disse.

Confira as outras reações:

 

 

 

 

 

 

 

 

> Diante da crise, Lira promete construir “ponte de pacificação” entre Executivo e Judiciário 

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo