Líder do PSL diz que governo faz acordo contra governo no fundo eleitoral

O líder do PSL no Senado Federal, Major Olimpio (SP), criticou nesta quarta-feira (27) o acordo construído para derrubar parte dos vetos do presidente Jair Bolsonaro sobre a minirreforma eleitoral.

De acordo com o congressista, ele e a senadora Soraya Thronicke (MS), únicos senadores da bancada do antigo partido de Jair Bolsonaro, votaram pela manutenção dos vetos do presidente.

“Tem o acordo sim, orientado pelo próprio governo,coisa de louco. O governo orientando contra o presidente. Eu e Soraya vamos votar pela manutenção do veto prestigiando a assinatura do presidente”, disse ao Congresso em Foco.

Nesta quarta, o Congresso Nacional permitiu a volta da possibilidade de aumentar o fundo eleitoral.

O projeto de lei aprovado pelo Congresso em setembro retirava a referência de 30% das emendas parlamentares como valor do fundo eleitoral, o que poderia aumentar a quantia. Bolsonaro vetou este trecho, mas acordo construído com a participação do governo aceitou a volta desta medida que irriga os cofres dos partidos.

O restante dos vetos do presidente Jair Bolsonaro devem ser votados em sessão do Congresso Nacional da próxima semana.

> Álvaro Dias defende que reforma partidária seja feita fora do Congresso

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!