Governo vai decidir estratégia com Congresso antes de lançar pacote econômico

O governo federal decidiu segurar a apresentação de um pacote com medidas para a retomada da economia. Inicialmente previsto para esta terça-feira (25), a iniciativa está sem data definida. Mantido para esta terça ficou apenas a reformulação do Minha Casa Minha Vida, que trará juros menores para o financiamento habitacional.

As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.

> Governo adia anúncio de pacote de emprego e renda

>Governo quer enviar reforma tributária, corte de gastos e Renda Brasil ainda em agosto

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, tem o objetivo de lançar ainda o Renda Brasil, ampliação do Bolsa Família com exclusão de outros benefícios sociais, o restante das sugestões do governo na reforma tributária e uma versão menor do Pró-Brasil, com investimentos de obras em infraestrutura, mas dentro do limite do teto de gastos.

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse ao Congresso em Foco que vai acontecer hoje uma reunião de líderes do governo com ministros para estabelecer a estratégia de apresentação dessas medidas.

“Vamos fazer uma reunião com líderes do governo e daí decidir os próximos passos, como vamos tocar. É a primeira reunião, daí nós decidimos se vamos ampliar ou não para outros líderes”, declarou.

“É um processo novo, estou construindo um novo jeito para a gente ir mais articulado com as decisões do governo, mais acordados. Se tiver alguma decisão, vai precisar aprovar, então vamos combinar as coisas para facilitar a aprovação”, afirmou o deputado.

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país   

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!