Governo descumpre acordo e bivaristas tentam retomar Waldir como líder

Os deputados federais do PSL ligados ao presidente do partido, Luciano Bivar, vão apresentar uma nova lista para retomar delegado Waldir (GO) como líder da sigla na Câmara. O deputado de Goiás publicou nesta segunda-feira (21) um vídeo nas redes sociais abrindo mão do cargo de líder. “Quando ele fez isso, não sabia que o acordo foi descumprido”, disse o deputado bivarista Júnior Bozzella (PSL-SP) ao Congresso em Foco.

O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, articulou com Bivar na manhã desta segunda que tanto Waldir quanto Eduardo Bolsonaro desistiriam de serem líderes e seria feita uma nova eleição nesta semana.

No entanto, o líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo (PSL-GO), descumpriu o acordo e apresentou uma nova lista com indicação de Eduardo para líder do PSL. A lista foi validada pela Câmara.

“Vamos apresentar mais uma para retomar a liderança com Waldir e depois de amanhã faremos uma nova eleição. Não tem nome colocado ainda, se alguém falar que há candidato está mentindo”, disse Bozzella.

Vítor Hugo afirmou que o ministro Ramos não fechou acordo e que foram conversas preliminares:

A crise no PSL foi destacada pelo Congresso em Foco em setembro, quando deputados revelaram ao site que a situação dentro do partido era de racha e possível debandada.

O clima piorou no dia 8 de outubro, quando Bolsonaro disse para um seguidor esquecer a sigla e que Bivar estava “queimado pra caramba”. Desde então, troca de farpas estão acontecendo dos dois lados, opondo os aliados do presidente e os que estão do lado do deputado pernambucano.

> Eduardo e Flávio Bolsonaro serão destituídos da direção do PSL, diz aliado de Bivar

Catarse

 

Delegado WaldirEduardo BolsonaroGeneral RamosLuciano BivarPSL