Em mais uma alteração, Eduardo Bolsonaro volta à liderança do PSL

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) retomou a liderança do PSL na Câmara nesta segunda-feira (16), após pouco menos de uma semana com a ex-líder do governo, Joice Hasselmann (PSL-SP), no cargo. O anúncio foi feito pela deputada Bia Kicis (PSL-DF) na Câmara durante sessão plenária na noite de hoje.

> PSL diz que terá posição independente em relação ao governo

A retomada do posto pelos deputados próximos ao presidente Jair Bolsonaro ocorre após a 4ª vara Cível de Brasília derrubar a suspensão de 14 deputados, entre eles o filho mais novo do militar. Com isso, o grupo que apoia o presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), perdeu a maioria que elegeu Joice na quarta-feira passada (11).

Joice recebeu o apoio de 22 deputados para assumir o cargo, que estava nas mãos de Eduardo Bolsonaro (SP) desde que o segundo filho do presidente Jair Bolsonaro travou uma "briga de listas" com o Delegado Waldir (GO) para conquistar a posição.

A retomada do posto pelo 03 é mais um episódio da briga interna do PSL entre a ala bolsonarista e bivarista, que levou à saída do presidente Bolsonaro e do seu filho Flávio (RJ) para criar um novo partido, a Aliança pelo Brasil.

Eduardo critica Joice

O filho do presidente da República aproveitou a situação para criticar a atuação de Joice à frente da liderança. No Twitter, o deputado afirmou que a parlamentar "tem um ego gigantesco, está mordida e não tem equilíbrio emocional para formar um ambiente minimamente razoável de trabalho".

> Bolsonaro diz que TV Escola deseduca: “Programação de esquerda”

> Salles ironiza saldo da COP com churrasco: “Para compensar emissões”

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!