Deputados rejeitam em plenário parecer de comissão mista sobre MP do Fundo Ferroviário

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 217 votos a 145, o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 845/18, que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF) com o objetivo de financiar o setor. O texto rejeitado, de autoria do relator da medida provisória, deputado Lúcio Vale (PR-PA), ampliava as fontes de financiamento do fundo. Esse texto havia sido aprovado na comissão mista que analisou a MP.

Os deputados analisam agora a parte do parecer da comissão mista sobre as emendas apresentadas perante aquele colegiado e depois poderão votar o texto original da medida provisória.

Segundo a MP, o fundo contará inicialmente com recursos da outorga da subconcessão da Estrada de Ferro (EF) 151 – conhecida como Ferrovia Norte-Sul –, no trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP) e o respectivo ágio.

O fundo deverá ser utilizado na ligação do Complexo Portuário de Vila do Conde (PA) à Ferrovia Norte-Sul. Os investimentos deverão ter início no município de Barcarena, no Pará.

 

Leia mais sobre ferrovias

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!