Deputados manobram para liberar indicações políticas em estatais

Em meio a confusão do último dia de trabalho do Congresso antes do recesso, deputados fizeram uma manobra para liberar indicações políticas em cargos de empresas estatais. A prática havia sido proibida há dois anos.

Os integrantes da comissão especial que discute novas regras para agências reguladoras aprovaram, de forma simbólica, a retirada da Lei de Responsabilidade das Estatais a proibição de que seja indicada a “pessoa que atuou, nos últimos 36 (trinta e seis) meses, como participante de estrutura decisória de partido político ou em trabalho vinculado a organização, estruturação e realização de campanha eleitoral”.

Também foi retirada da lei a proibição de que sejam indicados para esses cargos parentes até o terceiro grau de políticos como ministros, deputados, senadores e dirigentes partidários.

A proposta pode seguir diretamente para o Senado se não houver recurso pedindo que seja analisado pelo plenário da Câmara.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!