Deputados mandam carta a senadores pedindo reversão de mudanças no Fundeb

Deputados ligados a oito frentes parlamentares que atuam na área da educação enviaram uma carta ao Senado alertando para o que chamam de retrocessos na educação básica que aconteceram no projeto de regulamentação do novo Fundeb. As críticas foram direcionadas às emendas apresentadas ao relatório do deputado Felipe Rigoni (PSB-ES), especialmente a que possibilita o uso dos recursos pelo setor privado.

Os deputados dizem ter sido confrontados pela "aprovação de diversos destaques que drenam recursos públicos para o setor privado", até mesmo em etapas da educação básica nas quais não há déficit de acesso no âmbito das redes públicas, como o ensino fundamental e o ensino médio.

Assinam a nota deputados das seguinte frentes parlamentares:

Frente Parlamentar pela valorização das universidades federais

Frente Parlamentar em defesa do Plano Nacional de Educação

Frente Parlamentar em defesa dos institutos federais

Frente Parlamentar de incentivo à leitura

Frente Parlamentar pela educação no campos

Frente Parlamentar em defesa da escola pública e em respeito ao profissional da educação

Frente Parlamentar de apoio aos conselhos profissionais de classe

Frente Parlamentar de enfrentamento à violência nas escolas

Veja a íntegra da carta:

 

Continuar lendo