Depoimento de sócio da Precisa Medicamentos à CPI é adiado

A defesa do sócio-administrador da Precisa Medicamentos, Francisco Emerson Maximiano, informou nesta terça-feira (22) que seu cliente não poderá depor à CPI da Covid nesta quarta-feira (23). Os advogados do empresário informaram que ele chegou da Índia no último dia 15 e precisará permanecer isolado por 14 dias.

De acordo com normas da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), passageiros que desembarcam do país precisam cumprir isolamento social devido a nova cepa da covid-19.

A Precisa é a empresa brasileira que intermediou o contrato com a Bharat Biotech, que produz a vacina Covaxin contra a covid-19. Os senadores investigam possíveis ilegalidades na compra dos imunizantes pelo governo federal.

O depoimento do executivo foi remarcado para o próximo dia 23, conforme informou o presidente da Comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

"Em decorrência da quarentena obrigatória que o ora peticionário está cumprindo, estes subscritores vêm comunicar, formalmente, a vossa excelência, a impossibilidade do seu comparecimento ao depoimento designado para o próximo dia 23.jun.", diz o documento assinado pelos advogados Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Velloso, Francisco Agosti e Marcelo Neves.

Os senadores ainda não marcaram outro depoimento para substituir o de Francisco Maximiano. O vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), considerou um "desrespeito" o aviso do não comparecimento do depoente com menos de 24 horas de antecedência.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo