Demissões de intérpretes de libras serão revertidas, diz deputada

Segundo a deputada Erika Kokay (PT-DF), as demissões dos intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) da TV Câmara serão revertidas. “Intérpretes no Plenário da Câmara existem desde 2002. São fundamentais para acessibilidade”, disse ela em vídeo. “Se você corta os intérpretes, você vai tirar o direito de uma parte da população brasileira de ter acesso a esse instrumento tão importante de um Poder fundamental para a democracia. Vitória da democracia, da cidadania e da acessibilidade reverter essas demissões inadmissíveis.”

Reforma tentou barrar, mas Judiciário segue punindo juízes com aposentadoria

Conforme mostrado pelo Congresso em Foco, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) demitiu na sexta-feira (24) 20% do efetivo da Secretaria de Comunicação da Câmara (Secom). Joice é Secretária de Comunicação há pouco mais de um mês e recebeu a ordem da primeira secretária da mesa da Casa, Soraya Santos (PL-RJ).

Os profissionais que seguem trabalhando estão em clima de apreensão, pois a TV tem uma programação de 24 horas no ar e com os cortes, a continuidade de muitos dos programas pode se tornar inviável e a carga de trabalho dos funcionários que seguem por lá, tende a aumentar consideravelmente.

A própria deputada Joice, responsável pela decisão, assegurou que os intérpretes não foram demitidos:

Prêmio Congresso em Foco já tem mais de 600 mil votos. Veja a última parcial

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!