Pacheco foi ingrato com Bolsonaro ao instalar CPI, diz Flávio

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) criticou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), por levar a CPI da Covid adiante. Em entrevista coletiva concedida há pouco, o filho do presidente disse que Pacheco, que se elegeu com o apoio do Palácio do Planalto, deveria ter ouvido o governo sobre o assunto.

“Eu tenho um CPF e o presidente da República tem outro. Da minha parte, entendo sim que houve uma ingratidão, uma falta de consideração do presidente Rodrigo Pacheco de, pelo menos, nos buscar para que pudéssemos dar o nosso ponto de vista sobre a conveniência e oportunidade de se instalar uma CPI como essa”.

> Omar Aziz ignora decisão de juiz e diz que entregará relatoria da CPI a Renan

Continuar lendo