CPI da Covid suspende acareação entre Onyx e Luis Miranda

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid decidiu suspender a acareação entre o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). De acordo com uma agenda prévia apresentada na semana passada, os dois ficarima frente a frente nesta quarta (18). Em lugar disso, os senadores ouvem o advogado da Precisa Medicamentos, Túlio Silveira.

A decisão de cancelar a acareação foi tomada em uma reunião da cúpula que ocorreu na noite da segunda (16). Os parlamentares avaliaram que o confronto poderia ser pouco produtivo e tumultuar os trabalhos, desvirtuando a atenção sobre as investigações de superfaturamento no contrato para compra da vacina indiana Covaxin.

Pesou para isso o saldo negativo da oitiva do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR) na semana passada. O depoimento dele foi marcado por brigas, interrompido duas vezes e, posteriormente, suspenso pelo presidente Omar Aziz (PSD-AM).

> CPI ouve auditor que fez relatório com falso número de mortos pela covid

> Ex-secretário do DF não irá amanhã à CPI, que ouvirá auditor do TCU

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo