CPI da Covid inicia cooperação com CPMI das Fake News

A relatora da CPMI das Fake News, deputada Lídice da Mata (PSB-MA), informou há pouco que a comissão mista recebeu requerimento do senador Renan Calheiros (MDB-AL), para cooperação técnica com a CPI da Covid.

A proposta de troca de informações já havia sido definida no início do mês pela CPI. O objetivo é apontar a interferência de uma possível rede de desinformações e notícias falsas comandadas a pessoas próximas do gabinete do presidente Jair Bolsonaro.

"Temos plena certeza que os dados que já foram colhidos pela CPMI das Fake News serão determinantes no cruzamento de informações para identificar os autores que fabricam desinformação sobre o coronavírus", escreveu em nota a deputada.

"Estaremos juntos atuando em várias frentes, entre elas o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no combate aos grupos criminosos organizados que lucram com Fake News.

> Randolfe ingressa com ação contra Bolsonaro no STF por difamação

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo