Coronavírus: Maia recebe pedido de urgência para retorno de brasileiros

A presidente da Carmen Zanotto pediu a Rodrigo Maia para que a Casa priorize as alterações legislativas de prevenção e enfrentamento do vírus

A presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), em conversa neste sábado (01) com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu que a Casa, assim que retornar as atividades legislativas, “atue fortemente” para aprovar, com urgência, propostas que poderão ser enviadas pelo governo e de iniciativa parlamentar que possibilitem o retorno imediato ao país dos brasileiros que se encontram na região de Wuhan, na China , que é epicentro da contaminação do coronavírus.

> Brasil já tem 16 casos suspeitos de Coronavírus

Segundo o Itamarati, cerca de quarenta brasileiros pedem que o governo providencie o retorno deles ao território nacional.

Além de pedir que a Câmara aprove a regulamentação da quarentena, a deputada quer a garantia de recursos orçamentários para o retorno dessas pessoas.

“O importante é que a Casa dê uma resposta rápida à sociedade sobre as providências que devem ser tomadas. Alguns países já estão repatriando seus cidadãos da China. Nós não podemos ficar nessa indefinição sobre a quarentena diante dessa emergência mundial. A Frente atua em conjunto com o Ministério da Saúde” , afirmou Zanotto, que também coordena a Subcomissão de Saúde, órgão ligado à Comissão de Seguridade Social.

De acordo com a deputada do Cidadania, Maia disse que está aguardando que governo encaminhe o quanto antes à Câmara proposta regulamentando a questão da quarentena dos brasileiros que retornarão ao país. A ideia é que também seja editada medida provisória sobre a disponibilização de recursos orçamentários para bancar as despesas que o governo terá com a viagem.

“Maia nos prometeu que assim que chegarem aqui (na Casa) , essas propostas terão prioridade absoluta, Ele confirmou que, inclusive, conversou com o ministro (da Saúde) Mandetta. O nosso apelo é que o governo apronte rapidamente as propostas ”, apelou Zanotto.

Nota do Itamaraty

O governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus. Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil.

Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que será enviada à China. Os detalhes da operação, que está sendo planejada, serão informados posteriormente. A Embaixada do Brasil em Pequim entrará em contato para prestar informações e organizar os procedimentos cabíveis.

Duas brasileiras, que se encontravam em Wuhan e também possuíam nacionalidade portuguesa, já embarcaram em voo francês que transportou cidadãos da União Europeia. Elas farão quarentena em Portugal.

> O que o Congresso deverá votar em 2020

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!