Conselho de Ética instaura processos contra 7 deputados do PSL

O Conselho de Ética da Câmara instaura nesta quarta-feira (11) processos disciplinares contra sete deputados do PSL. A lista é formada por Coronel Tadeu (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP), Daniel Silveira (PSL-RJ), Carlos Jordy (PSL-RJ), Alê Silva (PSL-MG), Filipe Barros (PSL-PR) e Bibo Nunes (PSL-RS).

Dos sete casos, seis deles foram protocolados pelo próprio PSL, no contexto da crise dentro da sigla entre a ala a favor do presidente do partido, o deputado Luciano Bivar (PE), e o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

O único que não foi protocolado pelo PSL é o processo contra Coronel Tadeu, deputado responsável por quebrar uma das placas da exposição que falava sobre o genocídio negro na Câmara. A representação foi apresentada pelo PT, que acusa o deputado do PSL de racismo e quebra de decoro parlamentar.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!