“Ciro acha que é professor de Deus”, diz Lula

O ex-presidente Lula se pronunciou sobre os ataques recebidos pelo ex-presidenciável Ciro Gomes. Em coletiva de imprensa, o petista afirmou que Ciro "precisa assumir a responsabilidade que ele é um homem de 64 anos de idade" e  parar de falar "as meninices que ele achava que era engraçado quando ele era jovem".

Lula também  disse que se Ciro quiser vencer as eleições para presidente em 2022 "ele tem que aprender a respeitar as pessoas". "Ele primeiro tem que se reeducar porque se ele continuar com essas grosserias todas sabe qual vai ser o fim do Ciro Gomes? Ele não vai ter apoio da esquerda, não vai ganhar confiança da direita. [...] O Ciro tem que aprender que humildade não faz mal a ninguém", enfatizou o ex-presidente.

"É preciso tratar as pessoas com o mínimo de carinho. Ele não tem que ficar provando a cada entrevista que ele dá uma frase nova... não importa os efeitos dela. Ciro acha que é professor de Deus!", concluiu.

Após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin  anular as condenações na 13ª Vara de Curitiba, na última segunda-feira (8), Ciro Gomes criticou a provável elegibilidade de Lula nas eleições de 2022. "Não contem comigo para esse circo", disse o pedetista ao comentar o tema em uma live promovida pela UOL.

Continuar lendo