Empresários e personalidades cobram pauta ambiental de Arthur Lira

Empresários e personalidades brasileiras assinaram uma carta destinada ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), cobrando maior cuidado na tramitação de pautas que podem comprometer a agenda de preservação ambiental do país. O texto também alerta para eventuais riscos econômicos internacionais a que o Brasil ficará exposto com a possível aprovação dessas leis.

Leia a íntegra da carta:

O texto aponta três projetos de lei como exemplos de retrocesso na pauta ambiental: os PLs 984/2019, 2633/2020 e 490/2007 - este último, aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nessa quarta-feira (23), que permite a exploração de minérios em terras indígenas.

"Nossa atratividade e retenção de mão de obra também sairão prejudicados. Afinal, um executivo e sua família preferirão viver em um lugar com qualidade de vida ou num país cuja marca está relacionada a queimar e 'grilar' a Amazônia, além de destruir nossos parques? E o que dizer da insegurança jurídica provocada por legislações absolutamente casuísticas, que mudam a qualquer momento?", questionam os signatários.

A mensagem também alerta que tais projetos vão contra a política ambiental em voga no mundo todo. E isso trará consequências graves. ". Isso nos sujeita, inclusive, a possíveis sanções econômicas de grandes parceiros comerciais, como os Estados Unidos e a Europa". alertam.

A carta é assinada por nomes dos negócios, como Candido Bracher, que integra o conselho de administração do Banco Itaú, Luis Stuhlberger (Verde Asset) e a economista Elena Landau. A lista é eclética  e reúne personalidades como o cineasta Fernando Meirelles, a cientista política Ilona Szabó e o fundador da SOS Mata Atlântica, Roberto Klabin.


> Ricardo Salles pede demissão do Ministério do Meio Ambiente
> Bolsonaristas vão à PF contra parlamentares que apoiaram atos indígenas

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo