Câmara facilita acesso a gastos, projetos e outros dados dos parlamentares

Está mais fácil levantar informações oficiais sobre a atuação dos deputados. Versão recém-lançada do portal da Câmara permite que o leitor acesse em uma só página dados como assiduidade em plenário, se o parlamentar faz uso de apartamento funcional ou auxílio-moradia, como ele aplica a verba de gabinete, quem são os funcionários que trabalham para ele, bem como suas respectivas remunerações. Também é possível estabelecer comparações sobre o gasto das verbas públicas, como aquelas atribuídas ao exercício do mandato para cobrir despesas com alimentação, transporte, consultoria, entre outros serviços, a que cada um deles tem direito.

Este sitefoi um dos veículos consultados pelos coordenadores do projeto para tornar o portal mais acessível ao cidadão. A reformulação das páginas será feita em etapas até o fim de 2019. No próximo dia 25 será possível navegar pelas novas fichas de tramitação das propostas legislativas. A ideia, segundo a Câmara, é oferecer elementos para que o usuário compreenda o processo legislativo e acompanhe o andamento de cada projeto em andamento na Casa. As primeiras alterações entraram no ar em 28 de janeiro.

Em fevereiro o Congresso em Foco também lançou uma base de dados que inclui informações como a votação obtida por cada congressista, o patrimônio informado à Justiça eleitoral, o grau de escolaridade, a cor autodeclarada, o endereço do gabinete, uma curta biografia e link para matérias deste site em que ele ou ela recebeu alguma menção.

Transparência

Mudanças estão sintonizados com as demandas da sociedade, diz Patrícia, coordenadora do projeto de reformulação do portal. Foto: Reboot

Esta é a quinta versão do portal da Câmara, lançado em 1997. De acordo com a coordenadora do projeto de mudança, Patrícia Roedel, o principal objetivo é aproximar o cidadão comum das atividades da Casa. “Procuramos estabelecer uma navegação e uma linguagem mais simples, fazendo uso de recursos gráficos, e aumentar a transparência e a compreensão das informações”, diz a jornalista.

Ela reconhece que a transparência não agrada a todos os políticos, mas ressalta que a sociedade não aceita retrocesso nessa área. “Claro que alguns deputados se incomodaram com o que classificam de excesso de transparência. Mas a Presidência e a alta administração da Casa não vão recuar. Estão sintonizados com as demandas da sociedade. Os tempos mudaram”, observa Patrícia.

Entre outras novidades já apresentadas pelo portal estão a divulgação da agenda parlamentar e a possibilidade de editar, na própria página, vídeos dos discursos em plenário de cada parlamentar já minutos após o seu pronunciamento. As novas gravações estão sendo publicadas com legenda e tradução por meio de libras, a língua brasileira de sinais.

A reforma do portal da Câmara se dá após um ano de trabalho. Foram feitas 300 testes de usabilidade com cidadãos comuns e entrevistas em profundidade com usuários frequentes, inclusive jornalistas que cobrem as atividades da Casa.

Processo de reformulação

Segundo a Câmara, as mudanças foram definidas após várias fases de estudos e diagnósticos, que compreenderam debates internos sobre os problemas do portal anterior. O diagnóstico embasou, ainda, a organização do concurso que selecionou duas propostas de cidadãos como contribuição para a reformulação do portal.

Na nova versão o usuário poderá contar com recursos como enquetes opinativas, por meio das quais o cidadão poderá dizer o que gosta e o que discorda em uma proposta, dando subsídios reais ao relator; e ficha de tramitação intuitiva, que permite compreender melhor o processo legislativo e o caminho das propostas.

Foram criadas páginas temáticas, que reúnem notícias, transmissões ao vivo, propostas legislativas, estudos da consultoria, enquetes, comissões correlatas, agenda e legislação referentes ao tema. Outras páginas referem-se a conteúdos educativos, como “Entenda o Processo Legislativo” e “História e Arquivo”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!