Câmara encerra a semana sem votações e com cenário indefinido para as próximas sessões

Com a derrubada da sessão de ontem, a única convocada para esta semana, a Câmara só deve retomar as votações na próxima terça-feira, mas, ainda assim, com cenário indefinido devido à obstrução feita por partidos de oposição e do Centrão. A semana mais curta atende a pedidos de deputados para se dedicarem às campanhas eleitorais.

>Deputados cobram de Maia votação de projeto que barra supersalário de servidores

Os dois itens previstos na pauta desta semana eram a MP 992/2020, cria incentivo para que bancos concedam empréstimos a micro, pequenas e médias empresas, e a MP 993/20, que autoriza o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a prorrogar, até 28 de julho de 2023, 27 contratos de pessoal por tempo determinado.

A oposição diz que não votará nada até que a Casa analise a medida provisória que amplia o prazo para o pagamento do auxílio emergencial (MP 1.000/2020). Já os partidos do Centrão também ameaçam não votar devido à disputa pela presidência da Comissão de Orçamento.

>Universidades contestam cursos informados por Kassio Nunes em currículo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!