Bolsonaro diz que sem voto impresso, Barroso “terá problemas”

Jair Bolsonaro voltou a atacar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso. Na manhã desta segunda-feira (5), o presidente disse a apoiadores que não entende a posição do ministro contra o voto impresso.

“Não sei o que tem na cabeça dele, ou se ele é refém de alguém para estar nessa campanha, interferindo dentro do parlamento, se reunindo com lideranças e falando seus argumentos contra o voto auditável”, criticou Bolsonaro.

Em relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/2019, que institui o voto impresso e tramita na Câmara dos Deputados, o presidente disse que se ela não for aprovada na Casa, Barroso terá de “inventar uma forma de tornar transparentes as apurações. Senão ele vai ter problemas”, disse. “Não é a minha vida, mas se trata de algo muito importante, que é a nossa liberdade”, emendou o presidente.

O ministro Luís Roberto Barroso participa a partir das 10h desta segunda-feira (5) de um debate sobre mudanças na legislação eleitoral previstas em uma série de projetos que tramitam  na Casa.

A PEC 135/2019 é de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), aliada do presidente Bolsonaro. Recentemente, onze partidos - entre eles alguns base do Planalto na Casa - se manifestaram contra a proposta.

A partir das 15h, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara tenta votar nesta segunda-feira (5) o parecer do deputado Filipe Barros (PSL-PR) sobre a PEC 135/2019, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), que prevê a implantação do voto impresso. Partidos já se manifestaram contra a proposta e devem, inclusive, substituir seus representantes na comissão para evitar a aprovação da medida, defendida principalmente pelos bolsonaristas. O relatório elaborado por Filipe Barros traz parecer favorável a PEC.

> Bolsonaristas tentam aprovar voto impresso na CCJ da Câmara

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

 

JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo