Bolsonaro conversa com Skaf e tenta trazê-lo para novo partido

O presidente Jair Bolsonaro esteve recentemente com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. O mandatário tem a intenção de trazer o empresário, hoje filiado ao MDB, para o Aliança Pelo Brasil, partido que o grupo político de Bolsonaro tenta criar. A reunião foi confirmada pelo Congresso em Foco com auxiliares diretos de Bolsonaro.

> Veja a íntegra do manifesto do partido que Bolsonaro tenta fundar

O novo partido ainda precisa enfrentar muitos trâmites para ser oficializado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Skaf já compareceu a eventos públicos no Palácio do Planalto, como quando participou da cerimônia de assinatura da medida provisória que estimula o contrato de jovens ao retirar encargos trabalhistas de empresários. Também foi única pessoa que não é do governo a ser convidada por Bolsonaro para participar  em outubro de reunião na China com o presidente do país, Xi Jinping.

A proximidade de Bolsonaro com o presidente da classe industrial de São Paulo repete cenário apontado por pesquisa CNI. Levantamento indica que 60% dos industriais avaliam o atual governo como bom ou ótimo.

De acordo com os números divulgados nessa quarta-feira (11) pela CNI,  64% apoiam a maneira de Bolsonaro governar e 65% confiam no presidente. Para 26%, a atual gestão é regular.

A reprovação do governo é baixa entre os industriais: apenas 7% avaliam o governo como ruim ou péssimo, enquanto 14% desaprovam a maneira de governar de Bolsonaro e 13% não confiam no presidente. A pesquisa foi divulgada no mesmo dia em que a CNI conferiu sua maior comenda ao presidente da República.

> Jair e Flávio Bolsonaro serão presidente e vice do Aliança pelo Brasil

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!