Ataques bolsonaristas contra Pacheco lideram lista de tweets falsos

Os ataques bolsonaristas contra o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), lideram a lista mundial de tweets feitos por robôs na tarde desta terça-feira (27). Os dados são da plataforma Bot Sentinel, que monitora a ação de contas inautênticas no Twitter. As hashtags promovidas pelas contas falsas são #PachecoTchuchucadoSTF e #PachecoTchuchucadoSupremo.

Os apoiadores de Jair Bolsonaro criticam o presidente do Senado por não ter acatado a decisão de um juiz de primeira instância que impedia que o senador Renan Calheiros (MDB-AL) assumisse a relatoria da CPI da Covid. A decisão foi posteriormente derrubada por uma decisão do  Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Na manhã desta terça, durante reunião da CPI, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, também criticou Pacheco.

“Eu tenho um CPF e o presidente da República tem outro. Da minha parte, entendo sim que houve uma ingratidão, uma falta de consideração do presidente Rodrigo Pacheco de, pelo menos, nos buscar para que pudéssemos dar o nosso ponto de vista sobre a conveniência e oportunidade de se instalar uma CPI como essa”, afirmou.

A plataforma define contas inautênticas como “indivíduos nefastos que fingem ser algo que não são para enganar seus seguidores e público, ou contas automatizadas (bots) desenvolvidas para se comportarem da forma mais humana possível com a intenção de enganar os outros usuários das redes. Pessoas de má-índole usam contas inautênticas para semear discórdia e causar caos nas plataformas de mídia social, e costumam ser usados ​​para se envolver em assédio direcionado e trollagem tóxica".

Continuar lendo