Após 15 dias, Davi Alcolumbre é curado do coronavírus e volta ao Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, voltará nesta sexta-feira (3) a exercer as atividades de seu mandato legislativo. O senador estava afastado há 15 dias porque contraiu coronavírus. “Davi realizou dois novos testes para o vírus, ambos resultados negativos”, diz nota da assessoria.

Na sessão de amanhã os senadores analisarão um projeto de lei que altera temporariamente uma série de normas jurídicas para se adequarem à crise do coronavírus.

Veja nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

A assessoria de imprensa da Presidência do Senado comunica que o presidente Davi Alcolumbre retornará às atividades legislativas, após passar por um período de 15 dias de recuperação em razão do covid-19. Davi realizou dois novos testes para o vírus, ambos resultando negativo.

O presidente do Senado registra agradecimento ao vice-presidente Antonio Anastasia, que de forma exemplar conduziu os trabalhos do Senado, e aos senadores e senadoras que permitiram o funcionamento da Casa mesmo neste momento difícil que o país enfrenta.

Davi Alcolumbre reassume o comando do Legislativo brasileiro convicto de que a epidemia do novo coronavírus deve ser tratada de forma responsável por todos, cidadãos e políticos. O senador reforça a necessidade de isolamento social e a
prática de medidas de prevenção à doença. O Parlamento não vai parar, continuará funcionando e fazendo a sua parte.

Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado

>Governo convoca todos os profissionais de saúde para treinamento contra covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!