Presidente da Caixa fala à comissão de acompanhamento da covid-19

A comissão mista que acompanha as ações relacionadas a covid-19 ouve nesta segunda-feira (11) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. A audiência será por teleconferência a partir das 14h e se destina, principalmente, a ouvir do dirigente as providências que a instituição está tomando para efetuar o pagamento do auxílio emergencial aprovado pelo Congresso.

Em 2 de abril, o presidente da República sancionou o projeto que estabeleceu uma renda básica emergencial (Lei 13.982, de 2020) no valor de R$ 600. O governo anunciou que em 17 de abril começaria os pagamentos àqueles cujos cadastros tivessem sido aprovados. Todavia, tanto o preenchimento eletrônico dos cadastros como a análise e os pagamentos estão sofrendo grandes atrasos.

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), vice-presidente da comissão, criticou a burocracia que está causando a demora no pagamento e as enormes filas nas agências da Caixa.

— Qual o porquê dessa dificuldade de chegar a essa população, a essa parcela da população brasileira que é chamada hoje de invisível e não está tendo acesso a esse programa? Por que a dificuldade do pagamento? Nos dados que nós temos, 9 milhões de benefícios não [foram] pagos até o presente momento do primeiro mês e nós já estamos entrando no segundo mês de benefício — alertou.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!