TRF-3 suspende prazo para Bolsonaro divulgar exame de covid-19

O Tribunal Regional da 3ª Região (TRF-3) suspendeu neste sábado (2) o prazo dado pela Justiça Federal de São Paulo para que o presidente Jair Bolsonaro apresente os exames de coronavírus que fez. O prazo agora suspenso se encerrava neste sábado.

A desembargadora Mônica Nobre atendeu liminarmente pedido feito pela Advocacia Geral da União (AGU) e deu um prazo de cinco dias para que a solicitação seja analisada pelo tribunal. O TRF-3 abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A  AGU se manifestou nesta quinta-feira (30) na Justiça Federal sobre o resultado do teste de covid-19 feito pelo presidente Jair Bolsonaro. O órgão afirmou que o resultado do presidente deu negativo para doença, mas não encaminhou a íntegra do teste.

O pedido de informação, com o encaminhamento do resultado do exame, foi feito pelo jornal Estado de São Paulo na Justiça Federal de São Paulo.

Em outra frente, no dia 15 de abril, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados aceitou um requerimento de informação (íntegra) para que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, preste informações sobre os resultados dos exames para covid-19 realizados pelo presidente Jair Bolsonaro.

> Ministério da Saúde avalia retomada de jogos de futebol sem público

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!