STJ retoma parte dos trabalhos após ataque hacker ao seu sistema

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) retoma hoje parte dos seus trabalhos, seis dias após um ataque hacker ter bloqueado os sistemas e o acervo processual da Corte. Segundo o STJ, uma página provisória deverá atender à população. O tribunal diz que a recuperação de arquivos encontra-se em "ritmo acelerado."

Os funcionários do tribunal também voltam a cumprir agenda a partir desta segunda. Até amanhã, todas as ações destinadas ao STJ serão analisadas pela Presidência. A partir de então, deve ser retomado o sorteio entre os ministros para a definição das relatorias.

O ataque foi identificado na última terça-feira (3), e é do tipo "ransomware", modelo pelo qual o vírus é desenhado para invadir sistemas e criptografar seus arquivos, que seriam descodificados após pagamento de resgate (ransom).

A assessoria de imprensa do STJ disse que a corte mantém contato com equipes do Exército brasileiro e da Polícia Federal, para subsidiarem a investigação.

> Felipe Neto rebate Damares após comemoração de ministra ao seu indiciamento
> Justiça dá três dias para concessionária espanhola resolver apagão no Amapá

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!