Polícia busca integralista suspeito de atentado contra Porta dos Fundos

A polícia civil do Rio de Janeiro já tem o nome do principal suspeito do atentado contra o Porta dos Fundos. Trata-se de Eduardo Fauzi Richard Cerquise, presidente da Frente Integralista Brasileira (FIB) no Rio de Janeiro. Uma operação policial foi montada na manhã desta terça-feira (31) para prender o suspeito que ainda não foi encontrado e é considerado foragido.

> Frente Integralista nega relação com ataques ao Porta dos Fundos

Buscas foram realizadas em quatro endereços, sendo dois comerciais e dois residenciais. R$ 199 mil foram apreendidos na casa do suspeito na Barra da Tijuca. Munições, computador, e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos.

Materiais apreendidos na operação que busca suspeitos de participar do ataque ao Porta dos Fundos

Uma camisa e livros de entidades filosóficas que defendem o cristianismo e a família também foram apreendidos.

O suspeito era o único sem capuz na hora do ataque.

Eduardo Fauzi agrediu, em 2013, o secretário de Ordem Pública do Rio de Janeiro. Contra ele pesam 20 ações criminais por ameaça e agressão.

A identificação de Eduardo foi possível graças à escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, segundo a polícia.

A informação de que o suspeito é presidente do FIB no Rio de Janeiro consta no site da própria instituição, em matéria publicada em setembro deste ano.

Ataque

A Frente Integralista Brasileira (FIB) afirmou na última quarta-feira (25) que não tem relação com os três homens que assumiram a autoria do ataque à produtora do Porta dos Fundos na véspera de Natal. "O grupo em questão é desconhecido pela FIB e não possuímos com ele qualquer relação", disse em nota.

Um dia após o crime, um vídeo de três supostos membros do integralismo, doutrina brasileira inspirada no fascismo, que ganhou relevância no meio do século XX, surgiu nas redes sociais, assumindo a autoria do crime.

"A justiça burguesa, covarde e corrupta, vendida para o grande capita, luta contra o povo, mas quando a Revolução Integralista vier, todos estarão condenados ao justiçamento revolucionário", dizem na gravação.

De acordo com a FIB, o manifesto integralista elaborado por Plínio Salgado proíbe o uso de máscaras para fins de militância, como as utilizadas pelos homens no vídeo.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!