PGR recorre da decisão de Fachin sobre compartilhamento de dados da Lava Jato

A Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Edson Fachin, para reconsiderar a decisão de cancelar o compartilhamento de dados entre a Lava Jato e a PGR.

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu que Fachin reveja a decisão ou leve o caso para o plenário. Não há prazo para que esse pedido seja analisado. A PGR pede ainda que o STF determine que a força-tarefa da Lava Jato dê acesso a todas as bases de dados, estruturados e não estruturados, utilizadas e obtidas nas investigações.

Nesta segunda-feira (3) Edson Fachin revogou a decisão do presidente da corte, Dias Toffoli, que autorizou a Procuradoria Geral da República (PGR) a acessar os dados da operação Lava Jato. Fachin reassumiu o caso após o recesso do Judiciário e reverteu a decisão que Toffoli proferiu durante o recesso, quando estava responsável por todos os processos que chegavam à Suprema Corte.

> Fachin revoga decisão que dava a Aras acesso aos dados da Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!