PGR prorroga força-tarefa no Paraná até janeiro de 2021

A Procuradoria-Geral da República (PGR) prorrogou até 31 de janeiro de 2021 a designação de todos os 14 membros do Ministério Público Federal (MPF) para atuação na força-tarefa Lava Jato no Paraná.

Ao todo, 11 procuradores e dois procuradores regionais vão auxiliar Alessandro Oliveira, novo titular  da operação, que concentra as investigações sobre desvios na Petrobras. A decisão da PGR também assegura que 11 dos 14 integrantes tenham dedicação exclusiva à força-tarefa de Curitiba.

Em nota, a Operação disse que a prorrogação dos trabalhos da Lava Jato "vai ao encontro do interesse público, pois permitirá que resultados significativos sejam obtidos em prol da sociedade brasileira".

> Nova fase da Lava Jato mira Sistema S e advogados de Lula e Bolsonaro

> “Criminoso é o delator”: veja reações à operação da PF contra advogados

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!