Deltan faz propaganda do RenovaBR e é criticado na web

O procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, elogiou o trabalho de formação política do RenovaBR - movimento ligado a Luciano Huck que já lançou nomes da "nova política" como Tabata Amaral (PDT-SP). Porém, foi criticado por internautas de direita que classificam o RenovaBR como um movimento de esquerda. O imbróglio foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil nesta quarta-feira (15).

> Datafolha: 47% acham que Lava Jato não vai diminuir corrupção

"O curso do RenovaBR hoje é referência na preparação de futuros candidatos", afirmou Deltan Dallagnol na sua conta pessoal do Twitter, afirmando que esta é uma questão de cidadania "independentemente de posição política". "Todos queremos candidatos e equipes preparadas para fazer leis e administrar o país", justificou o procurador, junto com o anúncio de que o RenovaBR está recebendo inscrições para o seu próximo curso.

O post do procurador foi compartilhado pelo próprio RenovaBR, teve mais de 1,5 mil comentários e gerou outras centenas de posts nas redes sociais. Só no Twitter, foram mais de 3,6 mil posts sobre Deltan e mais 3,4 mil sobre o RenovaBR. Veja a repercussão:

A maior parte dos comentários partiu de internautas da direita, que apoiam a Lava Jato, o ministro Sergio Moro e o presidente Jair Bolsonaro, e classificam o RenovaBR como um movimento de esquerda. O influenciador Bernardo Küster, que é um dos integrantes do jornal de Olavo de Carvalho - o Brasil sem Medo -, por exemplo, chegou a dizer que o RenovaBR faz uma "política globalista", é financiado por bilionários, "criou tipos como Tabata Amaral e que, em sua formatura, gritam 'Lula Livre'".

"Estes treinamentos de potenciais políticos, como RenovaBR e Acredite, estão formando uma plêiade de falsos Isentões, como a Tabata, mas cujo coração é comunoglobalista até o talo", acrescentou. Os comentários de Küster foram curtidos por mais de duas mil pessoas. Veja:

O RenovaBR se autodenomima como a "maior escola de democracia do Brasil". "Fazemos política para as pessoas. Não somos um partido, não somos um movimento. Nós preparamos pessoas comuns para serem políticos fora do comum", diz o movimento em seu site.

Para isso, o RenovaBR promove cursos de formação política que já lançaram nomes como os dos deputados Tabata Amaral, Felipe Rigoni (PSB-ES) e Tiago Mitraud (Novo-MG). Como mostra a imagem compartilhada por Deltan Dallagnol, um desses cursos, por sinal, está com inscrições abertas.

> Morde e assopra: os altos e baixos da relação Moro-Bolsonaro

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!