O julgamento de Eduardo Cunha

 

Deputados que confirmaram presença, mas faltaram ao julgamento de Cunha:

Dez deputados que haviam confirmado presença ao Congresso em Foco deixaram de comparecer à sessão da última segunda-feira (12) que resultou na cassação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Eles estão entre os 42 parlamentares que, de acordo com os dados oficiais da Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara, não participaram do julgamento do peemedebista, que teve o mandato cassado por 450 votos a 10.

Assim como as nove abstenções registradas na sessão, as ausências também favoreciam Cunha. Para cassar um deputado, são necessários 257 votos (maioria absoluta do total de 513 integrantes da Câmara). Como último recurso, aliados de Eduardo Cunha apostavam na estratégia de esvaziar a sessão para que o julgamento fosse adiado para depois das eleições, quando, na avaliação deles, seria menor a pressão sobre os parlamentares.

Um dos faltosos, Vinicius Gurgel (PR-AP), justificou a ausência em poucas palavras. “Eu não quis ir, simplesmente. É só isso”, disse o deputado ao Congresso em Foco.

 

Veja também:

Relação de deputados que confirmaram presença ao Congresso em Foco, por ordem alfabética

Ferramenta utilizada para cobrar a presença dos deputados no julgamento de Eduardo Cunha

Mais sobre Eduardo Cunha