PGR quer que Lava Jato equacione força-tarefa para garantir continuidade

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, solicitou hoje (3) que a força-tarefa da Lava Jato em São Paulo, apresente as providências que serão tomadas mediante o pedido coletivo de exoneração dos procuradores da Operação. O intuito, diz, é equacionar o acervo da força-tarefa e evitar prescrições.

Nesta quarta-feira (2), sete integrantes da Lava Jato em São Paulo apresentaram um pedido de demissão  coletivo ao procurador-geral da República, Augusto Aras. De acordo com o Ministério Público Federal,  Jacques de Medeiros, recomenda as providências para evitar que os trabalhos da Lava Jato sejam descontinuados.

O pedido coletivo dos procuradores aconteceu após a solicitação de afastamento do coordenador-geral da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

> Procuradores da Lava Jato em São Paulo pedem demissão coletiva  

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!