Olavo de Carvalho tem 15 dias para pagar R$ 2,9 milhões a Caetano Veloso

A Justiça do Rio deu 15 dias para que o escritor Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo, pague R$ 2,9 milhões de reais ao cantor Caetano Veloso. O valor refere-se a uma multa pelo não cumprimento de uma liminar para que ele removesse as acusações de pedofilia postadas em 2017 em suas redes sociais contra Caetano Veloso, e pelas quais acabou condenado. As informações são da revista Veja.

MPF defende trainee exclusivo para negros e diz que ação deve ser replicada

O escritor fazia referência ao romance de Caetano com a produtora Paula Lavigne, iniciado quando ela tinha 13 anos, e ele, 40. O casal tem dois filhos.

A liminar para a remoção das postagens nas redes sociais foi concedida em novembro de 2017. A ordem deveria ser cumprida em 48 horas, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. No entanto, apesar de ter sido pessoalmente intimado em sua casa, nos Estados Unidos, em fevereiro do ano passado, o escritor não apagou as publicações.

Em 2019, Olavo foi condenado a retirar as postagens ofensivas e a pagar, na época da sentença, R$ 40 mil por danos morais. A ação já transitou em julgado, e não cabe mais recursos quanto ao mérito.

O valor da ação referente à condenação pelos danos morais foi atualizado e depositado judicialmente em agosto, no valor de R$ 65.966,78. Mas Olavo ainda tenta impugnar o valor da multa, o que será julgado pela 12ª Câmara Cível do TJ do Rio, ainda sem data prevista.

Luiz Eduardo Ramos é o nono ministro do governo a contrair covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!