Moro disse à PF que Bolsonaro pediu troca na superintendência do Rio; leia a íntegra

O ex-ministro Sérgio Moro afirmou à Polícia Federal que o presidente Jair Bolsonaro teria pressionado para uma troca no comando da superintendência do Rio de Janeiro, segundo depoimento obtido pela CNN Brasil. “Moro, você tem 27 superintendências, eu quero apenas um: a do Rio de Janeiro”, teria dito o presidente a Moro por mensagem de Whatsapp, segundo o ex-juiz da Lava Jato.

Moro depôs por mais de horas em Curitiba no último sábado (2), ocasião em que detalhou as acusações de que o presidente teria tentado interferir na PF.

Troca na PF do Rio faz delegados suspenderem nota de apoio a novo diretor

Segundo ele, em reunião do conselho de ministros ocorrida em 22 de abril, o presidente teria cobrado a substituição do superintendente no RJ, do diretor-geral da Polícia Federal e de relatórios de inteligência e informação da PF.

Perguntado se identificava nos fatos apresentados em sua coletiva alguma prática de crime por parte do presidente Bolsonaro, Moro respondeu que não afirmou que o presidente teria cometido crime algum crime e que quem falou nessa possibilidade foi a Procuradoria-Geral da República (PGR) na requisição de abertura de inquérito.

Leia aqui a íntegra do depoimento:

 

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!