Eduardo Bolsonaro denuncia Alexandre de Moraes à PGR por abuso de autoridade

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou por meio de seu Twitter nesta quinta-feira (28) que, em conjunto com  Carlos Jordy (PSL-RJ), Bia Kicis (PSL-DF) e Filipe Barros (PSL-PR), deu entrada na Procuradoria Geral da República com uma ação por abuso de autoridade.

“A iniciativa é focada nos mandados de busca e apreensão expedidos por Alexandre de Moraes através de inquérito inconstitucional”, diz.

Na tarde de quarta-feira (27) os deputados, que são investigados no inquérito das fake news, protocolaram um pedido de impeachment contra o ministro do STF alegando "censura absurda com um inquérito inconstitucional e perseguição contra opositores", disse o deputado Jordy também pelo Twitter.

Mais cedo, em uma live, Eduardo disse que é inevitável que o país tenha uma “ruptura” institucional. “O problema não é mais se, mas quando [haverá uma ruptura]”, disse o filho do presidente Jair Bolsonaro.

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!