Felipe Neto, Xuxa e Fábio Porchat pedem impeachment de Bolsonaro

Artistas, profissionais de saúde, escritores lançaram nesta segunda-feira (24) a iniciativa "Vidas Brasileiras" para defender o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro. O pedido de afastamento foi protocolado na Câmara dos Deputados e é assinado por:

1- Ailton Krenak, escritor e líder indígena
2- Chico César, cantor e compositor
3- Cristina Serra, jornalista e escritora
4- Fábio Porchat, ator
5- Felipe Neto, comunicador digital e youtuber
6- Hermes Fernandes, pastor evangélico
7- Julia Lemmertz, atriz
8-Júlio Lancellotti, padre
9- Ligia Bahia, médica sanitarista
10- Marcelo Gleiser, cientista
11- Raduan Nassar, escritor
12- Vanderson Rocha, médico
13- Verônica Brasil, técnica de enfermagem
14- Walter Casagrande, comentarista esportivo
15- Xuxa Meneghel, apresentadora. 

O pedido argumenta que, desde o início da pandemia de covid-19, Bolsonaro cometeu uma série de atos ilícitos que configuram crimes de responsabilidade.

"O país não consegue respirar. Pacientes morrem sufocados em leitos de hospitais. Juntamente com os doentes que morrem desamparados, nossa ordem constitucional, os direitos que ela garante e os fundamentos da nossa democracia também sufocam", argumentam. Leia a íntegra do pedido.

Assim, os signatários reforçam cabe à Câmara autorizar que o presidente da República seja processado e responsabilizado por seus atos. "Cabe a esta Casa Legislativa impedir que, no exercício do cargo, o Presidente siga praticando crimes de responsabilidade que colocam em risco a vida e a saúde dos cidadãos", diz o documento.

No site criado para promover a iniciativa a população pode se juntar aos assinantes do pedido, que já conta com mais de vinte mil apoiadores.

Continuar lendo