Temer reforça segurança em Roraima com Forças Armadas

O presidente Michel Temer autorizou nesta terça-feira (28) o uso das Forças Armadas para reforçar a segurança em Roraima. Temer anunciou a medida em um pronunciamento no Palácio do Planalto.

Há dez dias, moradores de Pacaraima (RR) atacaram abrigos de venezuelanos refugiados, após um comerciante local ser assaltado e espancado por assaltantes vindos daquele país.

Segundo o presidente, o emprego das Forças Armadas garantirá a lei e a ordem em Roraima. De acordo com ele, o objetivo é oferecer segurança aos brasileiros e também aos imigrantes venezuelanos, que buscam apoio no Brasil.

Ontem (27), o senador Romero Jucá (MDB-RR) deixou a liderança do governo no Senado por discordar da forma como o Planalto está lidando com a questão dos venezuelanos em Roraima.

"Há dois anos eu defendi o fechamento da fronteira. Eu estava antevendo o problema, e vai piorar, porque a Venezuela só piora. Depois da eleição, o problema continua. Esse assunto vai se agravar ainda mais, será uma questão para o novo presidente", afirmou.

A fronteira de Roraima e Venezuela é a principal porta de entrada de imigrantes no território brasileiro.

Com Agência Brasil.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!