TCU desmente Bolsonaro sobre suposta recontagem de mortos

Em nota enviada à imprensa, o Tribunal de Contas da União (TCU) desmentiu a declaração dada pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a produção de um relatório de recontagem sobre o número de mortos pelo novo coronavírus no país. A nota também foi divulgada nas redes sociais.

O órgão também afirmou que "não [grigo deles] é o autor de documento que circula na imprensa e nas redes sociais intitulado 'Da possível supernotificação de óbitos causados por Covid-19 no Brasil'"

Em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada na manhã desta segunda (7), o presidente citou um relatório do TCU, onde revelava que metade das mortes registradas por covid-19 foram por outras causas, não pelo vírus.

"O relatório final, que não é conclusivo, disse que em torno de 50% dos óbitos por covid no ano passado não foram por covid, segundo o Tribunal de Contas da União", afirmou Bolsonaro.

O presidente acrescentou que o documento seria divulgado ainda na tarde desta segunda.

> Moraes retira sigilo de inquérito sobre atos antidemocráticos

Continuar lendo