Petrobras aprova venda total de ações na BR Distribuidora

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou na noite de quarta-feira (26) a proposta de venda da integralidade de sua participação remanescente de 37,5% no capital social da Petrobras Distribuidora S.A. (BR Distribuidora), por meio de uma oferta pública secundária de ações.

Em nota, a Petrobras informou que o momento para o lançamento da oferta será definido posteriormente. Segundo a petroleira, a decisão está sujeita às condições de mercado, à aprovação dos órgãos internos da Petrobras, notadamente quanto ao preço, e à análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e dos demais órgãos reguladores e autorreguladores, nos termos da legislação aplicável, entre outras condições.

> Governo quer que privatização da Eletrobras comece pelo Senado

“A presente comunicação tem propósito meramente informativo, nos termos da legislação e da regulamentação em vigor e não deve ser considerada como anúncio de oferta no Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer outra jurisdição”, destacou a Petrobras no comunicado.

No ano passado, a Petrobras vendeu 30% das ações da BR Distribuidora. Como a participação da estatal ficou menor que 50%, a operação significou a privatização da antiga subsidiária de venda de combustíveis. A operação ocorreu um mês depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar que estatais se desfaçam de subsidiárias sem a necessidade de aprovação pelo Congresso Nacional. A decisão é questionada pelo Senado.

Com informações da Agência Brasil.

> Para privatizar, Guedes terá de convencer o Congresso, diz líder do governo

> As últimas notícias da pandemia de covid-19

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!